Treinamento Funcional

por
9 Comentários

funcional2 Treinamento FuncionalO Treinamento Funcional possibilita uma preparação para a execução de movimentos mais eficientes (aumento de performance) e a prevenção de lesões, tornando o corpo mais inteligente nesse processo, e fazendo acessível a qualquer indivíduo as estratégias de condicionamento usadas pelos melhores atletas do mundo. Este treinamento proporciona ganho de força e massa muscular, perda de peso, aprimoramento da postura e desenvolve de forma equilibrada todas as capacidades físicas como: Equilíbrio, Força, Velocidade, Coordenação, Flexibilidade e Resistência.

Tudo isso é possível pela prática regular de um programa de Treinamento Funcional. Sob o prisma do treinamento funcional, um indivíduo bem condicionado é tão forte quanto rápido, tão flexível quanto coordenado e tão resistente quanto equilibrado.
Este tipo de treinamento não é uma novidade, afinal a funcionalidade do ser humano já foi uma questão de sobrevivência. Seguindo a linha histórica, na mitologia grega é observada a importância de uma plena funcionalidade para sucesso de desafios propostos. Pensando em treinar movimentos, e não somente músculos, é oferecida a possibilidade de um ambiente de treino cada vez mais dinâmico, no qual novas experiências físicas são possíveis a cada treino, e um corpo que fica mais inteligente ao se submeter a esse processo.

Um sistema de treinamento funcional é focado nos movimentos fundamentais do homem primitivo e que são executados também no cotidiano do homem moderno, são eles os movimentos de: agachar, avançar, abaixar, puxar, empurrar, levantar e girar.
Na atualidade o Treinamento Funcional, mantém a sua essência como um método de treinamento físico, com a premissa básica de melhoria da aptidão física relacionada à saúde ou melhoria da aptidão física relacionada a performance e prevenção de lesão músculo-esquelético. É um treinamento que vem sendo muito procurado junto com o pilates (falarei mais detalhadamente sobre pilates em um próximo post) devido a grande e essencial participação de Core para sua execução.

bola3b Treinamento Funcional Core: Estrutura é a palavra-chave. São os músculos que rodeiam e estabilizam o tronco (MMII / MMSS). Musculatura envolvida: reto abdominal, oblíquos, transverso e quadril.
Muitos programas de exercício concentram-se em desenvolver a força de outros músculos através de treinos com pesos, exercícios na bicicleta, etc, porém o pilates, especificamente, desenvolve todo o corpo, dando-lhe um aspecto mais alongado, alinhado e forte em toda essa região.

É preciso compreender que o corpo tem um centro gravitacional, onde se originam todos os movimentos, chamado POWERHOUSE (Casa de Força). Os músculos associados ao POWERHOUSE sustentam a coluna, os órgãos internos e a postura, formando um cilindro da estabilidade ao redor da cintura, também chamado de CORE. O controle destes músculos resulta em uma cintura e um abdômen mais definidos, em uma melhora considerável do funcionamento dos órgãos internos e em uma postura mais correta e forte, pois quanto mais forte os músculos do CORE, mais eficientes são os seus movimentos.
Se os músculos do CORE estiverem ativados e fortes, a musculatura mais superficial do abdômen, como o reto abdominal e os oblíquos, fortalecem com maior facilidade, pois recebem um suporte maior do CORE. Então, conclui-se que o fortalecimento dos pequenos músculos que compõem o POWERHOUSE não apenas curam ou previnem dores lombares, mas também potencializam os músculos superficiais, facilitando o fortalecimento do abdômen de todas as maneiras.

Enfim, esta é a base do Treinamento Funcional, mais adiante falarei sobre outras atividades que utilizam este tipo de metodologia para trabalhar o corpo de uma maneira global e eficiente, como o Método Pilates e o Suspension Training.

Até mais

pixel Treinamento Funcional

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

9 Responses to “Treinamento Funcional”

  1. marcela
    23. jun, 2010 at 17:11 #

    fui fazer um exercicio meus pés ficavam na bola e sentia o peso do meu corpo apoiado nas minhas mãos que estavam "firmes" no chão a bola escapoliu e meu punho ……aiiii

    • Bianca Trentine
      23. jun, 2010 at 17:48 #

      Pode acontecer, são exercícios bem complexos para se executar, o ideal é ter uma supervisão de um profissional, o Centro do Corpo firme e ter conhecimento do q está fazendo p não se machucar. Se tudo estiver OK, os benefícios são maravilhosos. Pratique mais.

  2. @SuziTaussig
    28. jul, 2010 at 18:10 #

    Faço exercícios funcionais há 3 anos. É maravilhoso.

  3. Cássiotux
    14. jan, 2011 at 11:03 #

    A pratica do metodo funcional é um grande avanço na area da Educação Fisica adorei!!!

  4. Cassiobq
    14. jan, 2011 at 11:10 #

    Pois o treinamento funcional inclui o treino do equilibrio, o treino da força muscular estática e a força muscular dinâmica.

    cassio 3º periodo de Educação Fisica.
    Adorei o site.

  5. mirian
    08. ago, 2012 at 2:24 #

    Olá!
    gostaria de saber se o treinamento funcional ganha massa muscular pois, fazia musculação e troquei pelo treinamento funcional. Aguardo, obrigada.

    • Duda Maia
      08. ago, 2012 at 20:07 #

      Sim, existe a possibilidade de ganho de massa e definição, trabalho muito bom parabéns pela escolha…

      • mirian
        12. ago, 2012 at 17:51 #

        Valeu…obrigada!!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Benefícios da atividade física para terceira idade | Seringueira's Blog - 07. set, 2010

    [...] Novas pesquisas mostram também que para que os ossos permaneçam fortes e com boa absorção de cálcio, eles precisam de um pouco de impacto. Isso mesmo, impacto! E, se possível, movimentos com mudança de direção. Portanto, as melhores atividades para esse fim são vôlei, squash, tênis, corridas leves e futebol e treinamento funcional. [...]

Leave a Reply